O uso do botox na Odontologia:

O botox tem sido muito utilizado nos consultórios odontológicos como alternativa terapêutica para o tratamento do sorriso gengival, bruxismo, hiperatividade muscular e dores de cabeça de origem odontológica. O procedimento é seguro, mas suas aplicações devem ser avaliadas e delimitadas por profissionais legalmente habilitados.

Para o Conselho Federal de Odontologia (CFO), o uso da toxina botulínica (botox) só pode ser feito por cirurgiões-dentistas em procedimentos odontológicos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou o uso da toxina botulínica para o tratamento da cefaleia.

Implantes: ajuda no relaxamento da musculatura da mastigação.

Assimetria de face: alguns pacientes podem apresentar o músculo masseter hipertrofiado, ou seja, ele pode ganhar volume de maneira exagerada. Quando isso ocorre de um só lado, ocorre uma assimetria de rosto. Quando ocorre dos dois lados, fica a aparência de maxilar extremamente largo e rosto muito quadrado. A toxina botulínica corrige essas situações.

Uma Resposta para “O uso do botox na Odontologia:”

Deixe seu comentário